11 de dez de 2008

Mulheres conquistam espaço no Consciência Hip Hop

Aliadas Periféricas (MS), Nega Gizza (RJ), Paulinha Def (DF) e B.girl A-ni (SP), Vera Verônika (DF) representam as mulheres e conquistam espaço cada vez mais consolidado no Festival Consciência Hip Hop.

Calças justas, muito brilho, correntes, tênis, lenços no cabelo e muita feminilidade e ousadia. Esse é estilo das mulheres que participarão do Festival Consciência Hip Hop 2008. O evento traz em sua programação, as meninas do "Aliadas Periféricas", o único grupo de rap formado majoritariamente por mulheres da programação e a B.girl A-ni do grupo de dança Street Breakers, uma das melhores e mais profissionais crews do país, que será jurada na Batalha Consciência Hip Hop. Isso tudo sem falar da rapper e co-fundadora da Cufa, Nega Gizza que apresentará o Prêmio, a rapper Paulinha Def, única mulher Grupo Def Mc´s e Vera Veronika, indicada ao Prêmio Consciência Hip Hop, na categoria de melhor Demo.


O Hip Hop abarca a música, a dança, as artes gráficas e a poesia. Por que essa combinação de artes se torna um elemento poderoso de agregação e atribuição de identidade às comunidades mais vulneráveis, e as mulheres que estes espaços ocupam. Tal como em outros espaços sociais, o Hip Hop carrega consigo o machismo, delineado em algumas letras e também em vídeo clipes de rap. Contudo essas expressões vão se modificando de acordo com a conjuntura social, na qual a mulher conquista cada vez mais espaço. No Festival Consciência Hip Hop, não poderia ser diferente, as b.girls e as rappers ocupam espaço de destaque.

È o caso de Elis Regina (Toca), Lidiane Dourado (Sol), que formam o grupo sul-mato-grossense "Aliadas Periféricas", junto como DJ Leornardo. Aliadas se apresentam no Palco Alternativo do Festival, no dia 20 de Dezembro as 20:30h. O grupo Aliadas, ao se integrar, e participar de projetos sociais em Campo Grande no ano 2000, quando o trio se uniu, vem fazendo várias apresentações no interior do Mato Grosso do Sul. Em 2008, Aliadas Periféricas está em estúdio gravando seu primeiro disco de 10 faixas diferenciadas, com letras românticas, sociais e fictícias.

Aliadas Periféricas

(MS)Inversamente, B.Girl A-ni do grupo de dança Street Breakers e a rapper Paulinha Def do Grupo Def Mc´s são únicas mulheres dos grupos nos quais atuam. Aline Moratore – "A-ní" começou a dançar em 1991 e hoje, aos 23 anos, mais ativa e envolvida do que nunca, conclui seus estudos na área de Comunicação Social e artes e atua profissionalmente também como Designer Gráfica e Diretora de Arte, mas também desenvolvendo inúmeros projetos relacionados ao Hip Hop. No campo musical, a cantora e artesã Paulinha Def da o toque feminino com seu vocal melódico no Def Mc's, indicado ao grupo Revelação do Ano.


A-ní – Street Break Crews (SP)

Também no Prêmio Consciência Hip Hop as mulheres ocupam espaço. Outra concorrente ao grupo Revelação do Ano é a Vera Verônika do Distrito Federal, rapper e produtora cultural que atua no Movimento Hip Hop desde 1992. A apresentação do Prêmio, fica por conta da também rapper Nega Gizza, co-fundadora da Central Única das Favelas, que chega a Cuiabá no dia 19 de Dezembro

Vera Verônika (DF) – Indicada a categoria Revelação do Ano

SERVIÇOO que: Festival Consciência Hip Hop

Onde: Clube Feminino, Cuiabá – MT

Quando: dia 20 e 21 de Dezembro

Quantos: R$ 5,00

Mais Informações: (65) 3028-1114

Por: Assessoria de Comunicação - Cufa

Fernanda Quevedo

Um comentário:

pedro henrique disse...

Bom meu nome é Pedro henrique eu ganhei o premio de 3 lugar do consciencia hip hop batalha de dupla e gostaria que colocasse o seguinte nome ali no primeiro de 3 lugar

Bboy Pess e bboy Juninho - Atomic Crew

abraços
um feliz natal e um prospero ano novo a todos