27 de fev de 2009

Prefeito de Sinop fará abertura de encontro da CUFA

Anderson Maciel Coordenador de Sinop e Prefeito Juarez Costa



O prefeito de Sinop Juarez Costa acompanhado da primeira dama do município a Senhora Ivone Costa estarão fazendo a abertura do Encontro Estadual da Cufa em Sinop (Central Única das Favelas), que acontecerá no próximo dia 08 de março nas dependências da Casa Brasil, o evento está previsto para iniciar às 8hs da manhã, e o prefeito estará falando da importância política da Central para o Estado.
Ainda estará presente a Diretora de Juventude do Município, Ana Paula Martini, o departamento recém criado pelo prefeito JC, para atender os jovens do município, ela que é hoje em Sinop uma das parceiras da CUFA e uma importante articuladora na prefeitura.
O evento que irá consolidar Sinop como a “Capital Mato-grossense da CUFA”, pois hoje a cidade é um pólo de desenvolvimento sócio econômico, e com esse encontro com o prefeito como um dos palestrantes ficará firme a tese de que a periferia está sendo beneficiada de forma primordial, tendo em vista que será uma descentralização do foco quando falamos em desenvolvimento cultural nas favelas da cidade.
Um dos principais objetivos desse encontro também fica entorno da descentralização política do Estado e a CUFA em um todo receber o olhar do Poder Público, como uma instituição que tem força e poder contra as mazelas do esquecimento.
“O Prefeito confirmou que estará no encontro e que irá falar sobre a importância da CUFA como instituição nesta cidade, para nós será importante a presença do prefeito, até para o nosso elo de fortalecimento, assim como qualquer autoridade que venha somar conosco será bem vinda”, destacou Anderson Maciel coordenador da Cufa em Sinop.
Por Cintia Michele

25 de fev de 2009

Banda InCrise se apresentará no Girto Rock em Sinop

Por: Cíntia Michelli

A banda Incrise, teve inicio em dezembro 2007 com a finalização de duas bandas a "Re7" e a BrCalifornia, e é composta de membros migrados de outras bandas do cenário cuiabano, criando assim ritmos totalmente diferente das demais.





Com um som de características unindo o peso agressivo com harmonia melancólica e letras lentas, inspirando - se em bandas do metal pop, como o Evanescence, foi com todo esse ritimo descolado que a banda conquistou o segundo lugar na 3° Prévia.



E a banda com todo essa história na mala irá se apresentar dia 07 de março no Girto Rock em Sinop. Confiram um pouco mais informações sobre o Grito Rock em nosso blog: http://cufasinop.blogspot.com/e sobre a banda no site: www.myspace.com/incriserock



23 de fev de 2009

Sinop capital da cultura será palco de encontro estadual da CUFA

Paulo Ávila (Linha Dura) e Karina Santiago, coordenadores da CUFA Mato Grosso


A cidade de Sinop vem se destacando no cenário político, educacional, saúde, esporte e aspectos físicos e estruturais. E este momento não podia ser diferente na cultura que através da CUFA (Central Única das Favelas) está se consolidando como o pólo regional da disseminação cultural.

Palco todos os dias de jovens artistas que se destacam na CUFA e são estrelas da cidade na cultura urbana, quais vão do rock ao rap, das intervenções de stencil ao graffiti, do skate ao basquete de rua, enfim na cultura que tem estreitado a convivência da favela com a sociedade. Tem aberto espaço para os destaques e destacados, tem virado mídia, tem se tornado um espaço real de que existem formas de difundir uma cultura em uma cidade de miscigenação.

No próximo dia 08 de março Sinop será a “Capital Mato-grossense da Cufa” e receberá de todos os cantos do Estado os cufistas que estarão debatendo assuntos da instituição. Um dos importantes assuntos que será pautado é o Planejamento Estratégico, assim como qualquer entidade pública ou privada ter uma linha de raciocínio lógico se faz fundamental para o sucesso.

“Planejar não diz respeito a decisões futuras, mas decisões e principalmente ações do presente, afinal, qualquer ação aleatória pode conduzir a destino não esperado. Sendo assim, a CUFA tem feito das reuniões de planejamento uma de suas tarefas diárias. No próximo dia 08 de Março, acontece em Sinop, mais uma reunião de planejamento estratégico, que tem por objetivo avaliar as ações da Central no Estado de Mato Grosso. Coordenadores de todas as bases no Estado estarão presentes na reunião que acontecerá a partir das 08hs, na Casa Brasil”, salientou coordenador da Cufa em Sinop Anderson Maciel.

Por Cintia Michelli

Planejar é preciso! Agir é fundamental!

CUFA de Mato Grosso realiza reunião estadual em Sinop no próximo dia 08

Por Fernanda Quevedo CUFA MT

Jerry Brito (CUFA Barra do Garças), Anderson Maciel (CUFA Sinop), Linha Dura (CUFA MT), no encontro nacional da CUFA em Cuiabá, Janeiro de 2009

Planejar não diz respeito a decisões futuras, mas decisões e principalmente ações do presente, afinal, qualquer ação aleatória pode conduzir a destino não esperado. Sendo assim, a CUFA tem feito das reuniões de planejamento uma de suas tarefas diárias. No próximo dia 08 de Março, acontece em Sinop, mais uma reunião de planejamento estratégico, que tem por objetivo avaliar as ações da Central no Estado de Mato Grosso. Coordenadores de todas as bases no estado se farão presente na reunião que acontecerá a partir das 08 horas, na Casa Brasil.

20 de fev de 2009

CUFA realiza 1° evento voltado ao dia das Mulheres em Sinop

Por: Cíntia Michelli

Em comemoração ao dia 08 de março "DIA INTERNACIONAL DA MULHER" Está confirmado para o próximo (sábado), dia 07 de março, as 14:00 hs no CRAS (Centro de Referencias Assistencia Social) do bairro Jardim Boa Esperança o evento "Mulheres em Cena" realizado pelo Núcleo Maria Maria com o objetivo de proporcionar as mulheres, sejam elas crianças, jovens e adultas, momento de lazer, descontração e reflexão sobre o seu papel na sociedade, dando foco principalmente no poder, na beleza importância do protagonismo feminino, isto através de varias linguagens, provocando com isto o aumento de sua auto estima.
O Projeto Maria Maria é um movimento de mulheres da Cufa (Central Única das Favelas), que tem como objetivo estimular as mulheres a participar dos processos políticos de decisões e ocupação de espaço, orientadas pelo plano Nacional de políticas para mulheres Brasileiras, e pelas metas do milênio.
O evento contará com a participação do grupo de teatro "Mulher Negra", organizado pelo grupo de teatro da Igreja Batista Nacional, apresentação de dança com as B.girls, show com a rapper Taynara e um mine ciclo de palestra ministrado pela Srª Leozenir Severo abrangendo o tema Protagonismo Sócio-Politico Femenino e Ilma. Sra. Renata Lucia Maluf, falando sobre Mulher Multi Cultural, e por fim serão doadas kits de roupas femininas.

LANTERNINHA será pioneira das ações da CUFA COLIDER


A recém criada CUFA de Colider, iniciará em um curto periodo suas atividades as comunidades populares Colidense, a primeira ação virá do projeto de cinema LANTERNINHA, esta primeira movimentação Cufiniana de Colider, articula em meio a sociedade formas de valoriozar e fomentar a arte em nossa sociedade, onde visa considerar a riqueza cultural e intelectual que o cinema pode alcançar as crianças, adolescentes, jovens e adultos, propiciando informações que lhes dêem alernativas culturais.



A CUFA de Colíder têm o objetivo de promover a inclusão e acesso dos bairros periféricos da cidade, a arte do cinema, que leva não somente lazer, revelando um mundo por vezes lúdico, mas também toda uma diversidade cultural, étnica, religiosa, sexual, que existe nas várias regiões do país. É um momento único para mostrar outras culturas e realidades, além de aspectos da vida cotidiana.



Adriano Noquele, coordenador da CUFA do município de Colíder, afirma que levando o cinema “onde o povo está”, com o caráter de sensibilizar no espaço de liberdade para se confrontar por meio da representação com questões éticas como justiça e solidariedade e estimular a população em geral a ver o cinema com olhar crítico, buscando ainda resgate a cultura, e valorizar a arte cinematográfica.

17 de fev de 2009

Bandas cuibanas invadem Grito Rock em Sinop


Por Cintia Michelli

Está confirmado para o próximo dia 7 de março a segunda edição em Sinop do 'Grito Rock', com objetivo de fomentar e difundir a cultura urbana. E confirmado também as bandas que irão agitar a galera sinopense.

São elas; InCrise, Raiva em Paz, Sangue nos Olhos, Khallima,Anhagá e Lothus. Com um repertório para ninguém botar defeito as bandas vindas da capital do Estado (Cuiabá) vão abalar a noite de sábado no ginásio olímpico José Carlos Pasa (Pasinha).

O maior evento da América lática também terá em Sinop performance de Dj’s, Funk, Hip Hop, B.boys e B.girls. Este ano os sinopenses ao invés de ouvirem as tradicionais marchinhas de carnaval vão trocar o sambódromo pelo ritmo mais quente do Grito Rock.

O Grito Rock Festival nasceu em Mato Grosso, em 2003 e, na primeira edição realizada em Sinop, em janeiro do ano passado, contou com a apresentação de cinco bandas locais. O movimento de festivais independentes é conhecido como Circuito Fora do Eixo.

Ainda estão abertas as inscrições para as bandas locais se inscreverem, basta entrar em contato com os organizadores do agito; Cufa de Sinop, Circuito Fora do Eixo e site Top Sinop.

Maiores informações
Anderson Maciel
anderson.cufamt.sinop@gmail.com
(66) 3532-3209 9903-4650
Avenida Jequitibás, s/n° - anexo Praça União
Jardim Jequitibás - Cep - 78550-000

Sinop sediará em março 'Grito Rock Festival'

Por: Cíntia Michelli

Está confirmado para o próximo dia 7 de março a segunda edição em Sinop do 'Grito Rock', com objetivo de fomentar e difundir a cultura urbana. O evento é considerado maior festival da américa latina e acontece também em mais de 40 cidades brasileiras, sendo que em algumas já foi realizada ainda em janeiro. O evento é realizado ainda no Uruguai, Bolívia e Paraguai.

Neste ano, o grito será no ginásio José Carlos Pasa, reunindo bandas locais e regionais, que substituirão as músicas carnavalescas pelos sons da guitarra, bem como performance de Dj's, funk e hip hop.

O Grito Rock Festival nasceu em Mato Grosso, em 2003 e, na primeira edição realizada em Sinop, em janeiro do ano passado, contou com a apresentação de cinco bandas locais. O movimento de festivais independentes é conhecido como Circuito Fora do Eixo.

14 de fev de 2009

Escravo, Nem Pensar! formará Professores da rede pública de Sinop



A Ong Reporter Brasil em parceria com : CUFA – Central Única das Favelas, Secretaria Municipal de Educação de Sinop, , Casa Brasil e a Procuradoria Regional do Trabalho da 23º Região – Ofício Sinop, irá formar durantes os dias de 16 a 20 de março, de segunda à sexta, das 8h às 18h, 50 professores da rede municipal de Sinop no Programa "Escravo, Nem Pensar!", qual trabalha a questão do trabalho escravo conteporâneo.
Ao todo serão formados cerca de Trezentos professores de seis municípios de Mato Grosso com altos índices de ocorrência desse tipo de violação de direitos humanos devem passar pela formação este ano.
Professores e educadores de seis municípios de Mato Grosso participarão em 2008 do curso de prevenção ao trabalho escravo contemporâneo do programa “Escravo, nem pensar!”. As cidades de Sinop e Sorriso são as primeiras a receber o projeto coordenado pela ONG Repórter Brasil, em parceria com o Ministério Público do Trabalho do Mato Grosso, e com o apoio da Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República e da Organização Internacional do Trabalho (OIT), entre diversas outras entidades nacionais e locais.
O programa oferece uma semana de formação gratuita a professores e educadores de cidades com altos índices de aliciamento para a escravidão ou de ocorrência de trabalho escravo.
Dessa forma, esses profissionais entram em contato com os conceitos mais relevantes sobre o tema e têm apoio para produzir material didático e criar atividades a serem desenvolvidas com seus alunos ao longo do ano. O curso inclui palestras com membros de entidades que fazem parte da Comissão Nacional de Erradicação do Trabalho Escravo (Conatrae), como o Ministério do Trabalho e Emprego e o Ministério Público do Trabalho. O professor que concluir o curso recebe um certificado de 40 horas.
O objetivo é colocar o tema do trabalho escravo contemporâneo no dia-a-dia das escolas de ensino fundamental e médio, em programas de educação de jovens e adultos e outros cursos não-formais, com o intuito de conscientizar a população local a respeito desse problema.

O programa, que possui mais de 30 parceiros regionais, teve início em 2004 e já formou mais de 2 mil professores e líderes comunitários para atuarem como multiplicadores em mais de 33 municípios nos Estados do Pará, Maranhão, Piauí, Bahia, Mato Grosso e Tocantins, que estão entre os principais fornecedores e receptores de mão-de-obra escrava.
A Comissão Pastoral da Terra, o Centro de Defesa da Vida e dos Direitos Humanos de Açailândia e a TAM Linhas Aéreas são co-realizadores do “Escravo, nem pensar!”.
O programa nasceu em resposta às demandas do Plano Nacional para a Erradicação do Trabalho Escravo (PNETE), documento lançado em março de 2003 pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. É considerado pelo governo federal e pelas entidades participantes da Conatrae como o primeiro grande projeto nacional de prevenção à escravidão, implantado de forma sistemática no país. Por isso, no segundo PNETE, lançado em setembro de 2008, o programa foi incluído nominalmente, por decisão unânime dos membros da Conatrae.
O “Escravo, nem pensar!” também foi inserido nominalmente em alguns planos estaduais, como no Plano de Ações para Erradicação do Trabalho Escravo para o Estado de Mato Grosso. A meta das ações de prevenção para o período 2008-2011 determina que o Estado deve “implementar o projeto "escravo, nem pensar" visando a capacitação de professores e lideranças comunitárias em torno do tema em parceria com a Repórter Brasil”.
Trabalho escravo - Milhares de pessoas em todo o Brasil estão reduzidas à condição de escravos – das fazendas de gado na Amazônia, passando pelas carvoarias do Maranhão às plantações de soja e algodão do Mato Grosso. Não a mesma escravidão de senzalas e navios negreiros, que foi legalmente extinta no país em 13 de maio de 1888, mas outra, que também rouba a dignidade e a liberdade do ser humano, transformando-o em instrumento descartável de fazendas, garimpos, bordéis, indústrias e estabelecimentos comerciais.
Em março de 2004, o Brasil reconheceu na Organização das Nações Unidas a existência de pelo menos 25 mil pessoas reduzidas à condição de escravos no país. De 1995 – quando começou o combate ao trabalho escravo – até hoje, mais de 30 mil pessoas foram libertadas em ações dos grupos móveis de fiscalização do Ministério do Trabalho e Emprego, em conjunto com o Ministério Público do Trabalho e a Polícia Federal.
Em caso de interesse, procure a SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE SINOP e/ou algum dos parceiros locais para realizar a sua inscrição.

Confira as informações sobre o “Escravo, nem pensar!” no http://www.reporterbrasil.org.br/
No muniípio de Sorriso as parcerias estão firmadas com: Secretaria Municipal de Educação de Sorriso, Assessoria Pedagógica, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sorriso, Procuradoria Regional do Trabalho da 23º Região – Ofício Sinop e o Curso ocorrerá de 30 de março a 3 de abril, de segunda à sexta, das 8h às 18h.
Mais informações:
Fernanda Sucupira – ONG Repórter Brasil – T. (11) 2506-6576 / 2506-6570 – ramal 1

13 de fev de 2009

Maria Maria em ação! - Blog no Ar!

Por Hellen Tavares CUFA PA




Núcleo de mulheres da cufa planeja ações para o dia 08 de março


O dia Internacional da Mulher comemorado em 8 de março tem uma importância simbólica no calendário de luta das mulheres. Neste dia, mulheres e homens realizam em todo mundo atos de mobilização em homenagem as conquistas aNegritolcançadas ao longo dos anos. A data também serve para reafirmar a necessidade de continuarmos na luta pela construção de um mundo mais igualitário para todos.
É com esse espírito, que o Núcleo Maria Maria da Central Única das Favelas prepara em todo Brasil, ações para comemorar o Dia Internacional da Mulher.
Em Brasília-DF, o Núcleo de Saúde EDUCAVIDA oferecerá as mulheres cursos na área de saúde, com enfoque na melhoria das condições de vida e saúde , em todas as fases do seu ciclo vital. Também estará disponível curso de comportamento, etiqueta e moda.
No Maranhão a festa ficará por conta do Lançamento oficial do Núcleo Maria Maria. Já em Sinop - MT, a data será comemorado com uma intensa agenda, que vai desde a realização de seminários com palestras sobre os direitos das mulheres a ações culturais, com danças, músicas, apresentações e entrega de arrecadação de roupas. Em Cuiabá - MT as atividades estarão voltadas para as adolescentes em conflito com a lei, assim como em Tocantins, Palmas, onde a CUFA pretende levar as mulheres em situação de cáceres alegria, festa e muita discussão.
Em Mato Grosso do Sul -Dourados e Sergipe -Aracaju a agenda está sendo articulada em conjunto, com o poder público e outras organizações da sociedade civil organizada. Assim como em Rio Grande do Norte, Natal onde a CUFA prepara uma grande festa que tem como nome Intervenção Social "Grafritando o 8 de março", com apresentação de Mc´s e B.girls. No Pará, Belém a proposta é realizar um grande debate sobre a realidade das mulheres no Estado.
A agenda não para de crescer e brevemente disponibilizaremos aqui todas as ações do Maria Maria no dia 08 de Março.

10 de fev de 2009

Quer trabalhar na CUFA?

Seja um agente de transformação em Mato Grosso, ou em qualquer outro lugar do país.


Por Patrícia Assunção

Jornalista Neusa Baptista atuando como voluntária em oficinade leitura no Campeonato de Basquete de Rua da CUFA MT em 2008

A CUFA em Mato Grosso e em todo o Brasil está recrutando pessoas para o trabalho social. A idéia é agregar cada vez mais pessoas a Rede que mais cresce no país. O único pré-requisito é a disposição! Junte se a nós e venha fazer parte de Rede de trabalhos e protagonismo chamada CUFA.

Para ser voluntário em Mato Grosso, envie um e-mail para voluntário.cufamt@gmail.com, ou entre em contato pelos telefones (66) 9602-7185 ou (65) 9922-5815Se você deseja fazer parte da CUFA em outro cidade, acesse http://www.cufa.org.br e junte-se a nós!

9 de fev de 2009

Sinop sediará evento genuinamente mato-grossense



Por Leandro Nascimento

No próximo dia 07 de março Sinop será invadido pelo circuito internacional Fora do Eixo, que irá realizar a segunda edição do Grito Rock na cidade, que tem como objetivo proliferar a moeda social, o “Cubo Card”, que é uma organização cultural coletiva de Cuiabá e iniciou suas atividades em 2002 e de lá para cá consolidou sua posição com determinação, ousadia e visão de futuro. Desde o princípio inovou em práticas mercadológicas com um discurso voltado para o desenvolvimento do mercado cultural no Estado. Suas ações sempre foram planejadas para fomentar um mercado autoral, alternativo e auto-sustentável. Segundo os organizadores o intuito é fomentar e difundir a cultura urbana integradamente.

Neste ano, as tradicionais marchinhas carnavalescas darão mais uma vez lugar aos riffs das guitarras do Oiapoque ao Chuí e do Brasil para a América do Sul. O evento será o Grito Rock Festival, que acontecerá entre os dias 15 de janeiro e 07 de março de 2009 em mais de quarenta cidades brasileiras.

Em sinop não será diferente com o Circuito Fora do Eixo que faz a movimentação de bandas de todo o Brasil, levará ao ginásio José Carlos Pasa (Pasinha) “O Grito Rock” que é considerado pela mídia especializada como o maior festival da America Latina, o mesmo é realizado em 49 cidades, os destaques ficam para Cuiabá, São Paulo, Rio de Janeiro, e os países como o Uruguai, Paraguai e Bolívia aonde acontecem os maiores eventos do Rock no lugar da marchinha.

Na experiência adquirida no ano anterior Anderson Maciel disse que este ano vem, contudo, “aprendemos muito com os erros do passado e agora estamos preparados para fazer o maior evento da cidade, pois temos capacidade de tornar o Grito Rock em um evento do calendário de festas da cidade, pois temos cultura para oferecer para esse povo sinopense”, comentou o coordenador da Cufa.

Além da Cufa como organizadora o evento ainda contará com a organização do site Top Sinop e o Circuito Fora do Eixo. E contará com participação de bandas locais, regionais e com uma banda vindo de Cuiabá. Já na área de artes livres e integradas terá a performance de DJ’s de Techno, Funk, Pancadão, Hip Hop, B.Boys, B.Girls e Show de Rap.

As bandas locais e regionais podem procurar os organizadores para poderem apresentar os seus trabalhos, neste evento que vem encantando os olhos da América Latina.

Maiores informações:


Andersom Maciel
anderson.cufamt.sinop@gmail.com
(66) 3532-3209 / 9903-4650
Avenida Jequitibás, s/n° - anexo Praça União
Jardim Jequitibás - Cep - 78550-000

8 de fev de 2009

Classe Cultural se reunirá neste Sábado

Dia 14 de março tem reunião presencial do Fórum Permanente de Cultura de Sinop

Agentes de Sinop durante reunião Fórum Permanente de Cultura de Sinop me 2008



Segmentos Culturais do município de Sinop estarão se reunindo no próximo sábado (14/02), a partir das 16h:00m, na Casa Brasil, dando inicio as reuniões presenciais do Fórum Permanente de Cultura de Sinop, instituído no findar do ano de 2008.

Assuntos diversos estarão servindo de pautas, tais como a inédita inserção do município no Conselho de Estado de Cultura, onde Anderson Maciel, Coordenador da CUFA - Central Única das Favelas de Sinop, foi eleito Conselheiro Suplente para a gestão que tomara posse neste ano.

Rafael Maciel Alencar, dançarino e produtor de eventos em Sinop, frisa que uma explanação sobre o Conselho de Cultura do Estado, vem a ampliar a visão dos agentes de Sinop, principalmente aos que recém vem surgindo na cidade.

Uma pauta que também será levantada durante as discussões será a elevação da Secretaria Adjunta de Cultura, para Secretaria de Diversidade Cultural, onde o Secretário Ozéas Veras, e/ou sua equipe estará sendo convidada a debater sobre o assunto, alem de explanar sobre a Lei Municipal de Incentivo a Cultura.

Amigos e Amigas interessadas pela popularização da cultura sinopense, compareçam para serem garantirem e democratizarem suas idéias, propostas e projetos para nossa querida cidade.

O Que: Reunião Presencial Fórum de Cultura de Sinop
Onde: Casa Brasil – anexo a UNEMAT
Quando: 14 de fevereiro - sábado

5 de fev de 2009

CineCufa esta com inscrições abertas!


Com o objetivo de democratizar a Sétima Arte, o CineCufa é um festival internacional de cinema que exibe somente produções criadas por moradores e legítimos representantes das favelas. Não apenas das favelas do Brasil, mas das favelas do mundo.Realizado no Centro Cultural Banco do Brasil (Rio de Janeiro), no mês de maio de 2009, o festival realizará sua terceira edição.

Não foram só os facilitadores tecnológicos, como a câmeras digitais e de celulares, que impulsionaram os moradores das favelas a realizarem obras cinematográficas. Esta nova ordem estética e cultural nasce também da vontade e necessidade da periferia de ser protagonista de sua própria história e de expor seu ponto de vista, de retratar o mundo segundo sua própria ótica. O fator tecnológico, entretanto, foi a mola propulsora que alavancou mundo a fora cursos e oficinas de capacitação.Desta renovação nasceu também o Núcleo de Audiovisual da Cufa, atuante como uma produtora de vídeo desde o ano 2000.

Entretanto, além de produzir é preciso exibir. E por identificar esta lacuna no mercado de exibição a Cufa criou esta janela para difusão das mais diversas obras cinematográficas realizadas pela periferia.Com isso pretendemos valorizar cada vez mais as produções dos cineastas de favela, bem como fomentar a construção de uma identidade que passe a atuar mais fortemente no mercado cinematográfico.

O CineCufa exibe obras com tema, gênero e duração livres, tendo como única prerrogativa para exibição da obra a atuação da favela como protagonista do projeto.Como prova do crescimento do nosso festival, na 2ª edição, tivemos como novidade o prêmio “Governo do Rio – Na Tela da Favela”, que se dividiu em dois quesitos: “Voto Popular” e “Júri Especializado”.

A premiação serviu como incentivo a novas produções destes realizadores, que ganharam legendagem de seus filmes e equipamentos.Isto comprova que o CineCufa está no caminho certo, dando visibilidade aos talentosos cineastas de favela, cujas obras normalmente não têm acesso às salas de exibição.É a favela mostrando ao mundo seu pensamento, seu talento!

É a favela escrevendo sua própria história.

Inscreva-se no www.cinecufa.com.br

4 de fev de 2009

A palavra de ordem é agregar!

CUFA realiza seu 4º Encontro Nacional em Cuiabá, e finaliza com novas idéias, propostas contundentes e planejamento estratégico traçado até 2015.

A CUFA finalizou seu 4º Encontro Nacional em Cuiabá (MT) no último final de semana. O Encontro, que tinha por objetivo, traçar o planejamento estratégico da Central para 2009, foi além disso. Diretrizes foram estabelecidas para até o ano de 2015, quando a CUFA estará espalhada em dois mil municípios de todo o País. As ações e o calendário anual de cada base também foram apresentados por todos os Estados.

Karina Santiago (CUFA MT) abrindo o Encontro



Dentre as diretrizes, está a utilização do esporte como ferramenta de agregação social, e por isso, a LIIBRA (Liga Internacional de Basquete de Rua) ganha destaque em todas as bases da CUFA, tornando-se um dos principais projetos. Até junho, todas as bases estarão concentradas na efetivação da LIIBRA, agregando pessoas tanto para o trabalho desta produção quanto para serem usuários deste projeto.



Manoel Soares (CUFA RS), Grazyele Tiburcio e Dyskreto (CUFA GO)


Na apresentação das ações e do calendário anual das CUFAs, pode-se perceber quão multifacetada é a instituição. Os projetos de audiovisual crescem cada vez mais, como o "Cine Teles Pires", da CUFA-Sinop, e o "Cine Pequi", da CUFA-Goiás. O teatro, as ações de saúde preventiva e o trabalho embasado nos conceitos de gênero também vêm se consolidando em todo o Brasil de forma que a Central aborde um número expressivo de segmentos sociais. São jovens, mulheres, crianças e adultos profissionalizando-se e sendo agregados socialmente.
Gleidy Braga (CUFA TO), Aline Freitas (CUFA PA), Roberto Neiva (CUFA DF). Ao fundo Flavia Ivar e MT Ton (CUFA MG).
Outro ponto marcante do Encontro foi a explanação feita pelo coordenador da CUFA-Ceará, Preto Zezé, sobre movimentos sociais na contemporaneidade. Zezé afirmou que os movimentos sociais que lutam contra a desigualdade no País precisam se reciclar, haja vista que a conjuntura social não é a mesma dos anos 80 e 90. "A revolução só será feita pelo viés econômico, então é preciso dialogar com os quatro setores: público, privado, as outras organizações e o crime organizado, os quais movimentam a economia brasileira" – ressaltou.

Karina Santiago (CUFA MT). Alzira Nogueira (CUFA AM), Celso e Thales Athayde (CUFA RJ). Ao fundo Manoel Soares (CUFA RS), Preto Zezé (CUFA CE).

Os cufistas também puderam conhecer um pouco do cenário político mato-grossense. Mario Olímpio, Secretário Municipal de Cultura, falou sobre a atuação da CUFA-Mato Grosso e da importância da mesma para o Estado. "Só pode falar de favela, e, portanto propor alternativas de transformação, quando se tem propriedade sobre o assunto, e a CUFA sabe o que faz" – afirmou.

Ilma Ferreira CUFA PE, Manoel Soares e Dinora Rodrigues (CUFA RS), em entrevista para imprenssa local


Ainda sobre o cenário político e cultural, Pablo Capilé, do Instituto Cultural Espaço Cubo, parceiro da CUFA-MT desde sua gênese, apresentou a moeda social Cubo Card, e como não poderia deixar de ser, gerou dúvidas e até polemicas, o que neste caso foi muito positivo, haja vista que várias CUFAs já pensam em estudar mais sobre a economia solidária e implantar a moeda social em seu sistema financeiro.

CUFA-BRASIL

O 4º Encontro Nacional da CUFA aconteceu em Cuiabá, entre os dias 29 de janeiro e 01 de fevereiro, no Hotel Taiamã. O próximo ainda não tem data marcada, mas estima-se que possa acontecer em algum estado do Norte ou do Nordeste, depois da realização da etapa Mundial da LIIBRA.

Por: Fernanda Quevedo