31 de mar de 2010

Greve em Sinop

A GREVE EM SINOP NÃO ATRAPALHA AS INSCRIÇÕES DO PONTO DE CULTURA DA CUFA.


Mesmo com a greve dos Servidores Públicos de Sinop nós da CUFA (Central Única das Favelas) continuamos com as inscrições para as oficinas do Ponto de Cultura Juventude Sinopense Ativa, no Ginásio de Esportes do Bairro São Cristóvão Rua Colonizador João Pedro Moreira de Carvalho, s/n – fundos da Igreja São Cristóvão - Bairro São Cristóvão. Centenas de alunos estão sem aulas, desde quinta (25), devido à greve dos professores municipais, juntamente com os demais funcionários da prefeitura. Hoje o movimento ganhou força com mais profissionais da Educação aderindo. Com dados da Secretaria de Educação 12 escolas estão com adesão total, em 1 é parcial e 8 atendem normalmente. Aponta ainda que 10 creches estejam sem atendimento, em 4 é parcial 30% e em 1 o funcionamento é normal.

Uma comissão formada por 30 servidores vai se reunir com o prefeito Juarez Costa, que deverá apresentar uma proposta formal de reposição salarial aos trabalhadores, bem como as demais reivindicações. A prefeitura propõe 4.11% de reposição salarial e diz estar no limite do que pode conceder.

A prefeitura tentou, na quarta-feira, barrar a greve, na Justiça. Mas o juiz Mario Machado não atendeu ao pedido.

Na reunião entre o jurídico da prefeitura e do Sindicato dos Servidores Municipais ficou definido que, se a greve continuar por tempo indeterminado, a partir de segunda-feira os serviços essenciais funcionarão com 30% no atendimento da Saúde, coleta de lixo e Educação (onde apenas as creches, que atendem crianças de 1 a 3 anos, estarão respeitando esse percentual). Já as escolas e centros de educação infantil estarão com as aulas paralisadas enquanto durar a greve.


Na Saúde, dos 17 postos e das 5 extensões, apenas 7 estarão atendendo a população, de acordo com a diretora do sindicato, Marli Petry. A partir de segunda-feira, será feita escala para ver qual posto estará com as atividades normais e em quais bairros. O Pronto Atendimento é o único que estará com funcionamento 100%. Na coleta de lixo, dos 8 caminhões apenas 3 estarão trabalhando de manhã e 3 à tarde, também em forma de escala.


Por Lívia Kriukas c/ informações Só Notícias.

27 de mar de 2010

CUFAs: Debate Economia Solidária na Teia 2010

CUFAs de Cuiabá, Sinop, Brasília, Olinda, Fortaleza e Maracanau buscam formação e informação no Encontro Nacional dos Pontos de Cultura

Por Fernanda Quevedo

Apresentação do Ponto e Cultura Pixaim na Teia de Ações – Conceito e Práxis

Membros da Central Única das Favelas de Mato Grosso, Ceará, Pernambuco eDistrito Federal estão na Teia 2010 – Tambores Digitais, que esta acontecendo em Fortaleza desde o dia 25. Todos estão participando de seminários, oficinas e debates cuja pauta é a Economia Solidaria. As discussões perpassam por eixos como comercialização de produtos oriundos dos Pontos de Cultura, sustentabilidade das ações, e a importância da comunicação em rede em todo o processo.

Na programação Teia de Ações – Cultura e Práxis, espaço reservado para discussões que visam o amadurecimento das discussões que irão pautar os debates e as deliberações do Fórum Nacional dos Pontos de Cultura que começa amanhã (31).

Hoje, Karina Santiago (CUFA Cuiabá- MT) apresentou o Ponto de Cultura Pixaim no Seminário “A importância das redes para sustentabilidade do empreendedorismo”. Santiago ressaltou a importância de mapeamento dos pontos de cultura que trabalham pelo viés da Economia Solidária, para a criação de dados objetivos que facilitam o planejamento dos pontos.

Fábio Negão, Linha Dura, Fernanda Quevedo, Reijiane Alves,

Anderson Maciel, Hendson Santana, Karina Santiago e André Guimarães


Já Anderson Maciel (CUFA Sinop – MT) participou do Eixo Economia Viva onde a pauta principal era a comercialização. Vários ponteiros destacaram a dificuldade que sentem para o escoamento de seus produtos culturais.

Antonio de Pádua (CUFA DF) e Fábio Negão (CUFA PE) participam de mesas onde a formação em editais estão em pauta. Já a Francisco Elizeu (CUFA CE) esta coordenando o stand da CUFA na Feira de Economia Solidária, onde produtos de todas as bases estão em exposição.

Ainda hoje, Linha Dura faz apresentação no palco principal da Teia, representando o a mostra artística do Ponto de Cultura Pixaim da CUFA MT. O Encontre só acaba no dia 31, quando todos os cufistas voltam para suas respectivas bases democratizar as informações e o conhecimento adquirido.

Dia Nacional do Graffiti

Neste sábado (27) de fevereiro se comemora o dia nacional do graffiti, essa data deu-se origem nacionalmente como homenagem a partir do dia 27 de março de 1988, pela ocasião do aniversário de um ano da morte do grande nome do graffiti Alex Vallauri, o principal percursor do graffiti no Brasil.

Diferente do que muitos leigos no assunto pensam o Graffiti é a escrita feita com aerosol, usando suportes urbanos pra sua prática como muros, paredes, fachadas e vagões de trens, sempre procurando um lugar mais desafiador que o outro como forma de expressão, feitas com diversas técnicas e cores assim se diferenciando da pichação.

O Graffiti surgiu na França a partir do movimento contra-cultural que se deu inicio a uma série de manifestações. Mais só algum tempo depois em Nova York gangs começaram a usar o mesmo tipo de escrita para demarcarem seus territórios que era usado no tráfico de drogas.

Porém o termo graffiti/graffito é muito antigo, de origem italiana que significava "arranhar", pois desde a idade média eram usadas as escrituras em paredes.

A partir do momento que o graffiti é feito sem autorização se torna ilegal, por estar agredindo ou depredando um espaço público ou privado. Mas isso não serve somente para o Graffiti, outros tipos de comunicação visual também podem ser consideradas ilegais desde que não seja autorizada pelo órgão responsável, no caso a fiscalização em cada localidade, sendo assim o Graffiti autorizado não é ilegal.

Conversamos com um graffiteiro de Uberlândia/MG, para saber mais sobre essa cultura da arte urbana que faz parte dos quatro elementos do movimento hip hop que são: Djs, Mc’s, Break e o Graffiti.


Wesley Jesus da Silva, conhecido pela sua tag (assinatura dos graffiteiros) “Undef”, é graffiteiro há sete anos, está no termo King no graffiti, o único do triângulo com reconhecimento a nível nacional, faz parte de um grupo de graffiteiros formado em Belo Horizonte chamado “Medo Crew”, que tem a formação atual de sete graffiteiros: Anderson, Wesley, Ghads, Rase, Carbono, Mone e Bess.

Wesley falou alguns termos e gírias existentes entre os graffiteiros, são elas as mais conhecidas:

Bomb - letras gordinhas geralmente feitas sem autorização.

Wild style - estilo selvagem.
Top to bottom - quando se pinta um lado todo de um vagão.

Piece - são as peças do graffiti.

Toy - graffiteiro que copia, sem estilo, iniciante.

King - o rei, o mais considerado entre os graffiteiros, que já tem um respeito, pelo estilo ou pelo tempo dedicado ao graffiti.

Legend - Lenda é o auge da carreira do graffiteiro, o status maior do reconhecimento entre os graffiteiros.


Também nos contou que não só a população em geral ainda tem a visão do graffiti como uma pichação. “Existe tal conflito até mesmo dentro do graffiti, pois ele ainda não perdeu sua essência de ilegalidade, e para alguns ainda se confunde com pichação, mas ao mesmo tempo está dentro das galerias de arte, e é tido como arte visual” diz Undef. E ainda ressalta, que as tags têm grande semelhança com a pichação e que a pichação é a mãe do graffiti, mas os pichadores carregam consigo uma ideologia um estilo de vida que não morreu com o passar dos tempos.

Wesley já fez a prática do graffiti em várias localidades nacionais como: SP, ES, GO, BH e varias cidades vizinhas do estado mineiro.

Agradecemos à entrevista e nós da CUFA Sinop parabenizamos a todos os graffiteiros, desejando sucesso a todos vocês que trazem o colorido as nossas cidades através da arte urbana.

Por Lívia Kriuka.

23 de mar de 2010


De 25 à 31 de março, a Central Única das Favelas participa do maior e mais plural encontro de cultura manifestações artisticas e culturais de diversas regiões brasileiras, o Teia 2010 – Tambores Digitais. O encontro será em Fortaleza, no Ceará, e reunirá o III Fórum Nacional de Pontos de Cultura "http://culturadigital.br/teia2010/o-evento/forum-nacional-dos-pontos-de-cultura/".


Em 2010, a CUFA contará com maior número de participantes de todas as edições, ao todo 25 representantes de oito pontos de cultura, de seis estados.


  • CUFA BARRA DO GARÇA (MT) - PONTO DE CULTURA CULTURARAGUAIACUFA
  • SINOP (MT)- PONTO DE CULTURA JUVENTUDE ATIVA.
  • CUFA CUIABA (MT)- PONTO DE CULTURA PIXAIM
  • CUFA CEARÁ – PONTO DE CULTURA CULTURARTE MARACANAÚ.
  • CUFA DF – PONTO DE CULTURA AÇÃO PERIFERIA
  • CUFA PR - PONTO DE CULTURA BIBLIOTECA VIRTUAL
  • CUFA GO - PONTO DE CULTURA ARAGARÇAS
  • CUFA LAGUNA (SC) - PONTO DE CULTURA IMAGEM ATRAVES DAS LENTES

Na programação do fórum, seminários, painéis, debates, exposições, uma feira de economia solidária e apresentações artísticas. Na feira de economia solidária a CUFA CE também ocupa espaço com uma tenda representando seu ponto de cultura e expondo material da CUFA de vários estados.

TEIA AÇÕES

Os dias 26 e 27 de março estão reservados para a Teia das Ações – Conceitos e Práxis, atividades colaborativas que buscam reunir as ações do programa Cultura Viva dentro da Teia 2010- Tambores Digitais.
Aqui serão compartilhados os conceitos, ações, iniciativas e redes que já estão em prática e servem de exemplo por serem inéditas, inovadores e de sucesso comprovado. A CUFA CUIABÁ vai participar com sua experiência em economia solidária.


Mostra Artística

Mostra Artística Pontos de Cultura , todas as regiões do país poderão mostrar seu trabalho, serão cerca de 90 apresentações.

O rapper e Coodenador da Central Única das Favela de Mato Grosso Linha Dura, foi um dos artistas selecionados para se apresentar no Teias 2010. A comissão indicada pela organização do evento levou em consideração o ineditismo dos trabalhos e distribuição regional. A apresentação do rapper matogrossense será no dia 27 de março às 23h, e representará a CUFA em toda sua diversidade cultural. Fique por dentro da programação no: http://culturadigital.br/teia2010

22 de mar de 2010

LUTO



A CUFA (Central Única das Favelas) de Sinop, esta de luto pelo grande nome do rap brasileiro feminino, a rapper Dina Di.


A rapper conheceu o hip hop aos 16 anos e escondida em roupas largas e bonés, apresentou as primeiras rimas, sempre defedendo o universo feminino, foi a primeira grande representante feminina na história das rimas no Brasil.


Membro fundadora do grupo Visão de Rua, conquistou o respeito dos MCs e, por isso, circulava livremente nas festas e shows do gênero.


Protagonizou grandes momentos na história do Rap brasileiro, com letras brilhantes, entre elas,“Meu Filho, Minhas Regras”, onde narrava brilhantemente sua relação de amor com seu filho.


Outra composição marcante foi a acústica “Marcas da Adolescência”, sobre seus problemas e vitórias vividas na fase de adolescente. Aos que tiverem oportunidade, ouçam estas duas referências compostas pela eterna Dina Di.


A guerreira do rap nacional não está mais entre nós. Dina Di morreu na madrugada deste sábado (20), vítima de uma infecção generalizada. A rapper contratiu uma infecção hospitalar, no início de março, enquanto dava a luz a sua filha. A infecção aumentou e levou nossa guerreira.


Aqui na Terra é uma grande perda, para os fás, para a família, para os amigos. Mas, esteja onde estiver, ela vai estar sempre cantando e encantando com seus versos.


Por Lívia Kriukas

10 de mar de 2010

CUFA realizara lançamento do Ponto de Cultura Juventude Sinopense Ativa



A Central Única das Favelas – CUFA e a Associação Esportiva de Inclusão e Organização Unificada – AEIOU, estarão neste final de semana (12 a 14 de março), realizando o lançamento do Ponto de Cultura Juventude Sinopense Ativa.


O Ponto de Cultura é a ação prioritária do Programa Federal Cultura Viva, onde a CUFA através da AEIOU, por meio de seleção de edital público no Estado de Mato Grosso, apresentaram o Projeto Juventude Sinopense Ativa, onde retrataram suas iniciativas já desenvolvidas e firmaram convênio com o Ministério da Cultura (MinC), tornando-os assim Ponto de Cultura, aumentando assim a responsabilidade por articular e impulsionar as ações que já existem nas comunidades.


Para o lançamento, qual conta ainda com lançamento do Ponto de Cultura Aruande, Ponto este também conquistado para o município de Sinop, a grade de programação ‘e contemplada por uma considerável diversidade cultural, denominando assim todas essas atividades aglutinadas na I Jornada da Diversidade Cultural do município de Sinop.


Ambos os Pontos de Cultura de Sinop, não tem um modelo único, nem de instalações físicas, nem de programação ou atividade, assim como acontece em todo o Brasil. Um aspecto comum a todos é a transversalidade da cultura e a gestão compartilhada entre poder público e a comunidade.



Diante disto confira abaixo a programação completa das atividades dos Pontos de Cultura Juventude Sinopense Ativa e Aruande e participe e seja você também protagonista desta historia.



Dia 12/03 – sexta-feira


II Fórum da Diversidade Cultural (Auditório da UNEMAT – Universidade do Estado de Mato Grosso)


13:30 Credenciamento;


14:30 Mesa redonda com tema “Diversidade Cultural”;


16:00 Relatório da Mesa e criação de agenda de trabalhos;


16:45 Inauguração do espaço físico do Ponto de Cultura Aruande, no bairro Imperial;


17:30 Inauguração do espaço físico do Ponto de Cultura Juventude Sinopense Ativa, no Ginásio de Esportes do Bairro São Cristóvão;


20:00 Palestra sobre “Pontos de Cultura e Inclusão Cultural” com representante da Secretaria de Estado de Cultura;


20:50 Palestra sobre “Contribuição do Conselho Estadual de Cultura para Inclusão e Promoção da Diversidade Cultural”, com a Conselheira e Teatróloga Rute Varea;


21:30 Palestra sobre Diversidade Cultural e Desenvolvimento Humano com ex Secretario de Cultura de Cuiabá e Produtor Cultural Mario Olimpio.


22:10 Mesa redonda de debates e conclusões dos trabalhos e contribuições para elaboração da Agenda de Trabalhos da Cultura Sinopense.



Dia 13/03 – sábado


Encontro Estadual de Capoeira Tem Vida


07:30 Aulao, roda de capoeira, saltos e samba de roda na Praça das Bandeiras;


14:30 Solenidade de matricula da Escola de Capoeira do Projeto Aruande e Batizado do grupo Centro Cultural Aruande no Ginásio Olímpico Jose Carlos Pasa.



Dia 14/03 domingo



09:00 Roda de Capoeira e saltos no Camping Club


16:00 DJ Farinha (Cuiabá)


18:00 Show Banda Neuras (Sinop)


19:00 Show Grupo Swing Mania (Sinop)


19:30 Show Crew de Dança ADR (Sinop)


20:00 Show Projeto Musica do Mato, composto por DJ Farinha (eletrônico), Banda Macaco Bong (Rock), Paulo Monarco (MPB) e Linha Dura (RAP)