3 de dez de 2009

CUFA Realiza Última Edição do Prêmio Hutúz



O hip hop nunca mais será o mesmo depois do prêmio Hutúz. A premiação, considerada o Oscar da música negra, revolucionou o segmento hip hop, pois coloca a cultura negra e das periferias em evidência, agrega valor, gera auto-estima e credibilidade.


Em dez anos de história, passaram pelo palco do Hutúz mulheres, revelações, artistas do Norte e Nordeste, e outros tantos já consagrados. Maior prêmio da América Latina dedicado ao Hip Hop, o Hutúz foi reconhecido, nesses 10 anos de premiação, como um grande incentivador da cultura negra no país, premiando não somente os artistas, mas também quem atua nos “bastidores”, como produtores, grafiteiros, DJs, entre outros.




Em 2009, o Hutúz, além de premiar os melhores da década do cenário nacional em 14 categorias, homenageou Willian Santiago e Luis Serafim, criadores da Zimbabwe Records, a primeira gravadora a dar espaço para artistas negros. A premiação aconteceu no Canecão, consagrada casa de shows do Rio de Janeiro, e foi comandada por Nega Gizza e Netinho de Paula. Os mestres de cerimônia comandaram, sempre com muito bom humor e descontração, uma verdadeira festa, chamando ao palco os convidados que anunciaram os indicados e os vencedores.



O evento reuniu no palco figuras ilustres da música, do esporte e da cultura nacional, como Toni Garrido, Dudu Nobre, Sandra de Sá, Robson Caetano, Sérgio Loroza, Regina Casé, André Ramiro, Caetano Veloso, entre outros.






O público presente pode apreciar diversas apresentações, entre elas o show do grupo Ataque Beliz, vencedor do festival Rap Popular Brasileiro; de Sandra de Sá, que levantou o Canecão ao cantar “Olhos Coloridos”; de Dudu Nobre e de Caetano Veloso e Rappin Hood, que fecharam juntos essa grande celebração. A disputa era acirrada, mas o clima de festa permaneceu do início ao fim contagiando todos os presentes. Foi empolgante ver GOG, Racionais MC’s, Dexter, Sabotage, Realidade Cruel, MV Bill, RZO disputando o prêmio de melhor álbum.



O prêmio Hutúz cumpriu a missão de dar ao rap uma posição de destaque, ocupando espaços antes restritos ao segmento. Sua décima edição consagrou representantes da música negra no Brasil. O Hutúz comprova que o rap é música popular brasileira, incentivando, fortalecendo e valorizando a cultura Hip Hop.
No www.hutuz.com.br você confere todos os premiados.
Por CUFA DF.

Nenhum comentário: