9 de mai de 2009

É hoje abertura oficial das oficinas culturais, e inauguração da Casa de Cultura em Sinop

Por: Cíntia Michelli


A programação será realizada neste sábado (09/05), na Praça União do Bairro Jequitibás a partir das 14 horas, o evento contará com a apresentação dos B.Boys e B. Girls, roda de Capoeira, e uma simbólicas homenagem a todas as mães presentes felicitando as pelo seu grande dia comemorado (10/05), estará presentes também autoridades locais e estaduais, tais como a do Presidente Estadual do Conselho de Igualdade Racial Pedro Reis e do Secretário Muncipal de Cultura Ozéas Veras e da Vereadora Leozenir Severo.

Você é o nosso convidado (a) a prestigiar com mais esta grande conquista a inauguração da CASA DE CULTURA, e a abertura oficial das oficinas culturais.

Um comentário:

Anônimo disse...

Gostaria de deixar
ar aqui meu parabéns por esta iniciativa que com certeza
vai traz grandes resultados.Eu escrevo no Recanto das Letra e tenho poemas publicado pela Editora Pensata. Um dia destes fui até a secretaria e fiquei muito encantada com as fotos de Sinop, que foram restauradas, então fiz
um poema em forma de homenagem a Sinop. Já publiquei ela no meu Bloggr e no Recanto Das letras. Vou deixar
ar ele aqui tambémQuem diria!...Como você cresceu! Ah, que bela! Ela esta bem ali na parede decorando aquela sala
Olho para as fotos restauradas, mal podia acreditar, já com o caderno na mão
Começo fazer algumas anotações, quando percebi andava pelas ruas de chão.
Vi que muitas lembranças minhas estavam ali...
Então o meu coração começa a sorrir e como jovem me senti.
Fotos restaurada que da o aspecto de uma cidade juvenil
Me emocionei. Minha alma já lacrimejara eu passeava levemente
Pela Cidade que vi crescer, que traz no seu seio o meu amanhecer.
Ali na capela Santo António eu ajoelhada faço um pedido:
Que todos aqui te respeite, não façam de você uma Cidade nua.
Grande emoção eu senti ver você ali em uma parede exuberante
Onde os olhares para você são constantes. fiquei passeando
Quando parei então vi alguns que te olhavam e diziam:
Nossa, olha! como era Sinop!
Outros querendo por a mão para te sentir, quando eu já andava
Pelas ruas de chão.
De flores e árvores de um verde de varias espécies
Como: _Rua das Rosas, das Ortencia,Avenida dos mognos, Sibipirunas...
Vi ao anoitecer a passarada fazendo revoadas pelas matas
Criadas pela natureza que exubera o seu encantamento
Do verde espalhando suas caldas, formando um tapete de uma magia encantadora.
Via ali uma obra angelical contempladas pelas almas sensíveis como tal.


Um quadro de fotografias restauradas,
De 1974/1975.
Da cidade de Sinop/MT.