5 de jul de 2007

“A consciência social está ligada à consciência ambiental”, diz MV Bill


Autor de dois livros, entre eles “Falcão”, sobre os meninos envolvidos com o tráfico de drogas no Rio de Janeiro, o rapper MV Bill sempre esteve ligado a movimentos de inclusão social. Convidado a participar da etapa brasileira do Live Earth, no qual se apresenta acompanhado de uma banda de hardcore, o cantor destaca a diversidade de atrações que vão passar pelo palco na praia de Copacabana.


“Essa diversidade é muito boa, primeiro porque pluraliza e democratiza, dando um panorama da música brasileira”, diz. “Não que ali haja representantes de cada seguimento, mas acho que dá um panorama da diversidade da música brasileira, e que nem todos, mas grande parte desses artistas está preocupada [com o ambiente] de alguma forma.”


Para ele, a consciência social está diretamente ligada à consciência ambiental. “Quanto mais consciência ambiental eu tiver, isso vai me nortear ainda mais. Minhas músicas são muito ligadas à vida, e com o aquecimento global as catástrofes atingem diretamente as pessoas que estão na periferia do mundo.”


Bill acaba de gravar um DVD ao vivo, a ser lançado no próximo mês, com uma banda de hardcore formada por alguns vizinhos seus na Cidade de Deus. “Eles musicaram umas faixas minhas e eu gostei muito do resultado.” O público do Live Earth terá a oportunidade de ver o grupo em ação. “Geralmente um show tende a ir para o lado da festa, mas cabe às pessoas que estão passando pelo palco fazer com que o objetivo do evento não caia no esquecimento.”

Nenhum comentário: