13 de ago de 2007

Ministro da Justiça, visita Sinop




Neste ultimo sábado e domingo (11 e 12/08), o Ministro da Justiça esteve em Sinop, para daí se deslocar de helicóptero ao Parque Nacional do Xingu, A aldeia Iawalapiti, onde participou de um dos rituais mais tradicionais dos grupos indígenas do Parque do Xingu: o Kuarup. A celebração é feita em homenagem aos mortos nas tribos indígenas, celebrado anualmente.
Neste ano, mais de 10 etnias do Alto Xingu participaram do Kuarup da aldeia Iawalapiti. Durante a festa, os mortos foram representados por toras de madeiras, chamadas Kuarup, fincadas no centro da aldeia. Na madrugada de domingo, os índios cantaram e choraram, agitando o maracá (espécie de chocalho). Próximo das toras várias fogueiras foram acesas. A celebração é o último ritual da passagem, para que os espíritos encontrem um lugar confortável e seguro ao nascer do novo dia, quando o fogo é então é apagado.

Já em Sinop o Ministro Tarso Genro, almoçou no sábado, retornando no domingo com presidente da Funai, Marcio Meire, onde juntos almoçaram, o Ministro ainda concedeu algumas entrevistas a imprensa local, com principais assuntos sendo: pavimentação da BR-163, no trecho Cuiabá – Santarém, devido ao fato de Sinop estar inserida no PAC (Programa de Aceleração e Crescimento) e mesmo inserida, não se iniciaram as pavimentações, outro ponto importante destacado pelo Ministro é a reforma política que vem sendo discutida amplamente em Brasília, pela sociedade civil, organizações de base da sociedade, dos sindicatos, empresários

Destacamos ainda o fato do Ministro nos 02 (dois) dias que esteve no município, estar usando a camiseta da Centra Única das Favelas, evidenciando assim todo respeito, carinho e confiança do Ministro pela Instituição, que vem se expandindo por todo País, inclusive já instalada em Sinop-MT.

2 comentários:

melodemeias disse...

Sr. Ministro: O senhor é dos poucos que demonstrou interesse pelos favelados e pelos indígenas. Eu pertenço a todas duas classes e já estou inclusive cadastrado no Palácio do Planalto para inscrever a CAFCE (Casa do Favelado do Ceará) a qual ainda não saiu do papel, nos programas permitidos pelo governo. Quero apenas dar meus parabéns e ilustrar, de público, o agradecimento de um brasiliano, em nome de todos os favelados e indigenas que assimn permitirem seja isto dito em seus nomes, para que aqui se estabeleça um MUITO OBRIGADO honesto e sincero ao senhor Ministro da Justiça, Tarso Genro, exceção política pelo seu desprendido gesto e pela humildade do seu comportamento visitando pessoas realmente necessitadas de justiça e apoio moral. Seja feliz em 2008 e anos seguintes. Deus o proteja em todos os seus afazeres.

melodemeias disse...

Sr. Ministro: O senhor é dos poucos que demonstrou interesse pelos favelados e pelos indígenas. Eu pertenço a todas duas classes e já estou inclusive cadastrado no Palácio do Planalto para inscrever a CAFCE (Casa do Favelado do Ceará) a qual ainda não saiu do papel, nos programas permitidos pelo governo. Quero apenas dar meus parabéns e ilustrar, de público, o agradecimento de um brasiliano, em nome de todos os favelados e indigenas que assimn permitirem seja isto dito em seus nomes, para que aqui se estabeleça um MUITO OBRIGADO honesto e sincero ao senhor Ministro da Justiça, Tarso Genro, exceção política pelo seu desprendido gesto e pela humildade do seu comportamento visitando pessoas realmente necessitadas de justiça e apoio moral. Seja feliz em 2008 e anos seguintes. Deus o proteja em todos os seus afazeres.