10 de nov de 2010

CUFA Sinop participa do seminário Amazônia em Debate


Lívia Kriukas/CUFA Sinop

A Central Única das Favelas (CUFA) de Sinop e Colider participarão do seminário “Amazônia em Debate: Compromisso das universidades públicas e movimentos sociais”. O evento será realizado no salão Paroquial da igreja São Cristóvão, em Sinop, começando nesta quarta-feira (10) a partir das 19h, finalizando suas atividades na sexta-feira (12).

Os coordenadores das duas instituições, Anderson Maciel de Sinop e Anderson Zanovello de Colíder, sabem da importância da participação neste seminário. Segundo eles participar de uma discussão como essa faz parte da proposta de trabalho e das diretrizes das duas instituições.
“Sabemos que está em voga à proposta da sustentabilidade e também a idéia de um posicionamento ecologicamente correto. Queremos saber até que ponto a suposta construção de uma hidrelétrica no rio Teles Pires possa ir ao encontro disso”, argumenta Zanovello coordenador da CUFA Colider.

Já Anderson Maciel, coordenador da CUFA Sinop, explica: “A cidade de Sinop possui um enorme potencial turístico que pode ser explorado, gerando emprego, renda e desenvolvimento para região, com instalação de hidrelétricas o caminho natural é para destruição do rio Teles Pires, ou seja, do turismo, da pesca, do lazer, trabalho e por ai segue. No momento esse rio está em processo de venda, já é fato a venda para construção da Usina Hidrelétrica de Energia (UHE) de Colíder e pretendem para esse ano ainda vender para construção da UHE Sinop seguindo para Apiacás e outras localidades de Mato Grosso, resumindo, estamos no olho do furacão”.

O seminário contará com a presença de várias instituições dentre elas: OAB que já se manifestou a favor do movimento e contra a instalação, e também os organizadores do seminário como a Secretaria Regional Pantanal do Andes, Adufmat, adunemat, CPT, MST, MAB, Formad.

Veja a programação:

10/11

19h – Abertura: Andes/SN e Movimentos Sociais.

20h – Palestras: Capital, energia, meio ambiente e movimentos sociais.

Prof. Dorival Gonçalves Junior (UFMT)

Profª. Michele Sato (UFMT)

11/11

8h – Contextualização: Processos de Colonização e Ecologia.

Prof. Ely Bergo de Carvalho (UFMT)

Prof. Edison Antonio de Souza (Unemat)

Prof. Vitale Joanone Neto (UFMT)

Prof. Fiorelo Picoli (Unemat)

14h – Mesa: Projetos de infraestrutura: Hidrelétricas e Hidrovias – Teles Pires e Tapajós

Prof. Dorival Gonçalves Júnior (UFMT)

Prof. Sergio Luiz Magalhães (UFMT)

16h30 – Rodas de conversa

20h – Momento cultural

12/11

8h – Mesa: Movimentos sociais MST, MAB, CPT, STR, Formad, povos indígenas, pescadores, Anphu/MT, CEBCs e Andes/SN.

14h – Plenária de encaminhamentos

16h – Passeata

20h – Reunião da Regional Pantanal do Andes/SN

Nenhum comentário: